Agosto 8, 2018

Eu preciso de um sistema feito do zero?

Nós já explicamos quais são os diferentes tipos de softwares administrativos neste post. Entretanto, nós apresentamos diversas soluções que já existem no mercado, mas e quanto aos sistemas feitos sob media para uma empresa?

Os softwares pré-fabricados também são conhecidos como softwares proprietários. Esse sistemas são aqueles que você pode baixar ou comprar de uma estante, possuindo as mesmas funcionalidades de qualquer pessoa que o usar. Um exemplo simples de softwares proprietários são os sistemas operacionais, como o Windows da Microsoft. Ainda que ele permita uma grande gama de personalizações, as funcionalidades básicas são idênticas para todos os usuários que o possuírem.

Em contrapartida, os softwares custom-made são aqueles desenhados especificamente para adaptar todas as suas necessidades. Ele é construído do zero, é único e contém todas as funcionalidades especificadas antes de sua construção.

Quem precisa de um sofware feito do zero

Assim como os softwares pré-fabricados, sistemas por encomenda possuem vantagens e desvantagens. A sua maior vantagem é óbvia: um sistema construído do zero será capaz de solucionar todas as tarefas necessárias para as atividades da sua empresa. Isso é necessário principalmente quando não existe opção no mercado para o que você precisa. Apesar de raro, é capaz de que ninguém tenha criado um software para o seu negócio, portanto ele é indispensável.

Outros casos demandam estudos mais detalhados. Muitas vezes você possui uma ferramenta muito boa, que é capaz de atender a maioria das suas demandas, deixando de fora apenas uma demanda específica. Caso essa funcionalidade seja essencial, vale a pena contratar uma empresa para construir o software como você quer. Em outros casos, você pode ter que pensar em performance. Muitas vezes temos de nos contentar com duas, três ou mais ferramentas digitais para o nosso negócio, e isso pode impactar na performance das suas tarefas. Mais softwares significam mais manutenção, mais treinamento, mais chances de erro e mais problemas. Talvez um único sistema com tudo o que você precisa seja o ideal.

Sobre os softwares proprietários

A opção proprietária pode ser uma boa no caso de sua empresa ter necessidades simples. Muitas opções inclusive são gratuitas, com zero custo para sua empresa. Entretanto, sistemas pré-fabricados sofrem de dois males: eles podem ser atolados de funções que você nunca vai utilizar, ou não possuírem uma funcionalidade específica que a sua empresa precisa. Também é necessário avaliar o suporte oferecido pela fabricante, as possibilidades de customização e o custo a longo prazo. Atualmente, é comum a utilização de softwares na forma de assinaturas, sejam elas mensais ou anuais. O software encomendado sempre parece mais caro, mas uma vez pago, o software (e o código-fonte) serão seus para sempre. Nesse caso, futuras alterações serão mais baratas, e a empresa pode até alugar ou vender a sua solução para outras empresas.

Por fim, de um ponto de vista de mercado, utilizar um software que todas as outras empresas utilizam não oferece vantagens competitivas. Seu sistema por encomenda pode possuir ferramentas de apoio à decisão que fazem a diferença em relação à concorrência.

Dicas finais

Softwares únicos hoje em dia são bem mais baratos do que já foram. Com o desenvolvimento de *frameworks, *ferramentas de desenvolvimento ágil e módulos prontos, é possível até para pequenas empresas possuir um sistema desenhado sob medida. Ainda assim, é importante analisar o custo-benefício caso você decida investir em um. Também é importante confiar em empresas especializadas no mercado, e analisar os contratos com cuidado. Por fim, converse com os desenvolvedores, e tire todas as dúvidas que precisa.Você também pode conversar com a Mercurio! Nós oferecemos consultoria gratuita, e damos dicas para empreendedores sobre sistemas, gerenciamento de negócios e marketing. Entre em contato e fale com um de nossos consultores.